quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Espetáculo Vermelho Chumbo estreia em Salvador na Casa Antuak








Peça retrata o período ditatorial militar e aborda temas como omissão de direitos humanos, censura, machismo e racismo.



SERVIÇO:

QUANDO: Sábados e Domingos até 22 de outubro.
DIAS: 17, 18, 24 e 25 de Setembro e 01, 08, 09, 15, 16, e 22 de Outubro.
Sábados às 19h e Domingos às 18h.
ONDE: Casa Antuak. (R. Democrata, 21 - Dois de Julho, Salvador. Em frente ao Clube dos Fantoches).
VALOR: R$ 15,00 (inteira), R$7,50 (meia).
TELEFONES: (71) 30187122/ 3328-3628





Vermelho Chumbo é o espetáculo de formatura da primeira turma de alunos formandos do curso de teatro profissionalizante do Centro Cultural Ensaio (CCE) e aborda o tema da Ditadura Militar no Brasil, ocorrida entre 1964 e 1985. A peça ficará em cartaz nos dias 17, 18, 24 e 25 de setembro, e 1, 8,9, 15, 16 e 22 de outubro, aos sábados 19h, e domingos, 18h, na Casa Antuak, rua Democratas, nº 21, Dois de Julho, em frente ao Clube de Fantoches. Os ingressos custam R$ 15,00 (inteira) e R$7,50 (meia).







O espetáculo foi concebido a partir de pesquisa e estudos de textos, documentos, materiais físicos e sensoriais e, principalmente, relatos e depoimentos de quem viveu esse momento histórico, além de notícias, músicas, poesias, documentários, filmes, fotografias e vídeos que retratam o período.
O espetáculo acontece em um casarão antigo, remetendo aos porões da ditadura e é encenado de forma itinerante, fazendo com que a plateia, mais que simplesmente assista as cenas, perceba e vivencie as sensações, sentimentos, emoções e a atmosfera cuidadosamente reproduzida em cada cômodo onde as cenas ocorrem, levando o público a interagir com os atores, bem como com o espaço físico de maneira dinâmica e expressiva. 





Além de retratar os fatos políticos do período ditatorial, o espetáculo debruça-se e convida à reflexão sobre questões envolvendo direitos humanos, violência contra a mulher, discriminação de gênero e racismo, trazendo à tona muitas outras temáticas submergidas pelo regime. Em cena os alunos atores: Alex Moura, Amanda Moreno, Lana Cambeses, Leandro Batista, Lindinalva Luz, Luiza Senna, Matheus Aziz, Rogerio Gómez e Walace Cavalcanti. Sob direção de Daniela Chávez.





O Centro Cultural Ensaio é uma instituição cultural que tem na arte o seu principal meio de expressão para se comunicar com o mundo. Está presente no mercado há mais de 6 anos. O CCE, como é mais conhecido, é um espaço aberto a todas as formas de expressão artística e serve como berço de experimentos, laboratórios, pesquisas, produções e divulgação de grupos artísticos e artistas independentes. Atuando nas mais variadas formas de expressão artística - Teatro, Dança, Circo, Musica, Artes Plásticas e Visual - atualmente o espaço abriga, como residência artística, 10 grupos artísticos que realizam cursos e oficinas nos segmentos citados suprindo as suas produções artísticas a partir destas atividades.

Nenhum comentário: